Para ficar de olho: Caio Pumputis

27 de janeiro de 2015

Para ficar de olho3 comentários em Para ficar de olho: Caio Pumputis

Caio Pumputis acaba de subir para o juvenil 2 e é um dos grandes nomes das categorias de base do país.

Nadador do Pinheiros, revelado no Juventus, Pumputis acabou de bater um recorde histórico no último Brasileiro Juvenil: superou o recorde de Lucas Salatta no 200 medley no Brasileiro de Verão, que já durava desde 2002, com 2’08”26. O tempo é muito expressivo e daria a ele a prata uma categoria acima, algo bem relevante nessa idade.

Captura de Tela 2015-01-27 às 09.51.59

Como referência livre, no seu Brasileiro Juvenil 1, Thiago Pereira foi prata com 2’13”68, em 2001. Daniel Novak, na ocasião, foi ouro com 2’10”94. (Duas marcas aliás bem relevantes ainda hoje em dia e feitas há 13 anos).

No 400 medley, Pumputis bateu o recorde que pertencia a Brandonn Pierry, provavelmente o maior destaque das novas gerações desde Salatta, fazendo 4’29”21. Além de superar em expressivos 3 segundos a antiga marca de Brandonn, Pumputis colocou simplesmente 11 segundos de distância sobre o segundo colocado. Com a marca, ele tem hoje o 13º melhor tempo do país na prova, com apenas 15 anos. 

Na mesma competição, ele ainda foi prata no 100 peito (1’06”45) e ouro no 200 peito (2’22”08). Pumputis somou assim 54 pontos, ganhando o troféu eficiência, além do índice técnico pelo 400 medley.

Captura de Tela 2015-01-27 às 09.51.18

Pumputis quando defendia o Juventus

Para esse ano, no juvenil 2 Pumputis terá outro recorde histórico pela frente: o 2’04”67, do mesmo Lucas Salatta, feito em 2003. Tem motivação melhor que essa?

Posts relacionados

3 comentários em "Para ficar de olho: Caio Pumputis"

  1. Marcio Corrêa Xavier disse:

    Boa tarde, em relação à essas marcas mencionadas de 2:10:94 do Daniel Novak, e 2:13:68 do Thiago Pereira, ambas nos 200 Medley estabelecidas à 13 anos atrás, são marcas extremamentes relevantes. Basta lembrar que em 1979 o nosso Pradinho(Ricardo Prado) simplesmente pulverizou o recorde do 200 medley da época que era do Ivan Celjar Jr (2;20:08), estabelecendo nada mais nada menos do que 2:14:23 (fez nessa mesma competição 1:02:85 nos 100Mts Costas batendo também um novo récorde).

  2. Aquaman disse:

    Muito bom esse garoto! Tem futuro!
    Agora é só baixar uns 10 segundos e nadar com os adultos!
    Muita sorte e bons treinos!!!

  3. […] também levou três medalhas individuais. Ele foi ouro com recorde da competição no 200 medley, com ótimos 2’05”41 – a marca o deixa mais próximo do histórico recorde juvenil 2 de Lucas Salatta, de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »