luciano-correa-judo-eua-700x500-20111026

Arrasta, Luciano!

26 de julho de 2015

Diário de JoannaNenhum comentário em Arrasta, Luciano!

Quem acompanha judô já ouviu os famosos gritos de Seu Raimundo torcendo pelo filho nas arquibancadas.

E vocês devem estar pensando: sim, e você resolveu entrevistar seu namorado, é isso?

É isso mesmo, mas não vou falar de vida pessoal (isso eu já coloco por demais no instagram, já chega!kkk). Resolvi fazer essa “entrevista” com o Lu pra tentar passar pra vocês um pouquinho da sublime experiência de conviver com ele. E quem convive concorda comigo: Luciano é coração e motivação.

Apaixonado pelo esporte, aos 32 anos continua figurando entre os melhores do mundo na categoria meio pesado (-100kg), bronze no mundial de judô em 2005, campeão mundial em 2007, bi campeão pan americano, medalhista de bronze na universíade, campeão mundial militar e medalha em quase todos os grand slams de judô (faltando apenas a medalha da etapa de Paris), Luciano continua com o mesmo vigor e disciplina em busca de seu maior sonho: uma medalha olímpica.

Espero que vocês gostem e se motivem com a história de perseverança desse Brasiliense que conquistou meu coração (e do Kitadai também, mas ele é meu, eu só empresto pras viagens da seleção de judô mesmo)

– Quando começou no judô e aonde:

LC: Comecei o judô aos 4 anos de idade na Academia Ivanez em Brasilia.
– A decisão de sair de Brasília foi difícil?

LC: Foi bem complicado sair de Brasilia,sou muito apegado a minha família e aos meus amigos,eu tinha apenas 16 anos quando decidir ir em busca do meu sonho.Desde pequeno tenho sonho de ser medalhista Olímpico e mundial.Eu sabia que indo pra BH era uma grande oportunidade de alcançar esses objetivos.
– Qual papel da sua família na tua trajetória enquanto atleta?

LC: Minha família foi fundamental em toda minha trajetória e continua sendo,eles me apoiam incondicionalmente em todas as situações,sabemos que o atleta vive de vários momentos,nas vitórias e nas derrotas eles estão juntos.Meu pai é meu torcedor número 1, desde criança ele apostou todas sua fichas na minha carreira.

0,,15200242-EX,00402385_313155175373589_123324963_n
– Sua primeira medalha internacional foi? Conta um pouco da experiência:

LC: Minha primeira medalha internacional foi em 2001 no campeonato Pan Americano Júnior, realizado em Acapulco no México.Foi uma experiência incrível,jamais irei esquecer ,essa conquista foi um marco em minha carreira,foi um pontapé inicial pra de vez começar uma carreira profissional.

Brazil's Luciano Correa celebrates his victory over Cuba's Oreydi Despaigne in their men's -100kg judo gold medal contest at the Pan American Games in Guadalajara October 26, 2011. REUTERS/Henry Romero (MEXICO - Tags: SPORT JUDO)
– Você já está no Minas há 15 anos, como mantêm a motivação?

LC: Estou no minas há 15 anos,a cada dia que vou treinar, treino com muta alegria e muito mais motivação.O Minas é minha segunda casa,tem uma ótima estrutura e me sinto muito bem representando suas cores.O minas me acolheu com 16 anos e me deu oportunidade de ser o atleta que sou hj,sou muito grato ao clube.

LucianoCorreiaLuciano-Corrêa-revista-outubro-300x200

Você revê suas lutas sempre, principalmente as derrotas, por quê faz isso?

LC: Cada vez que eu revejo, eu reaprendo, assimilo o erro e procuro não repeti-lo nos treinos, isso me motiva ainda mais.

– Maior ídolo no judô e porquê?

LC: Meu maior ídolo dentro do esporte é o Aurélio Miguel,porque ele é um cara que decidia as lutas com muita garra e perseverança.Meu judô é bastante baseado nesse estilo de perseverança.
– Seu ponto forte no judô e aquilo que você acredita que precisa melhorar

LC: Meu ponto forte no judô é sempre acreditar até o fim,ser perseverante e acreditar em todas as situações possíveis independente da dificuldade.O que eu preciso melhorar muito é minha parte técnica,preciso cada dia aperfeiçoar meus golpes.
– Em algum momento pensou em desistir ou achou que não chegaria onde almeja?

LC: Já tive vários momentos difíceis,um deles aconteceu em 2011 quando sofri uma lesão grave que tive que fazer uma cirurgia e fique afastado uns 7 meses do tatame.Graças a minha família e minha namorada consegui superar esse obstáculo.Com todo esse apoio das pessoas amadas jamais pensarei em desistir. (a namorada, no caso, sou eu, ele fala assim bonitinho mesmo, todo engomadinho, dá até vontade de apertar de tão fofo!kkkkk)
– Quando tomou a decisão de montar um projeto social e porquê

LC: Tomei a decisão de montar o projeto social há 4 anos atrás,o nome do projeto chama Esporte sem Fronteiras,eu tive essa iniciativa de começar o projeto pra dar oportunidade melhores pra toda essa criançada através do esporte.O esporte me proporcionou muita coisa na vida,tudo que tenho hj é graças ao esporte,por conta disso eu tinha uma certa dívida em proporcionar essa mesma coisa boa pra outras pessoas,por isso iniciou o ESF. (Pra quem interessar, o projeto tem página no facebook e duas sedes: uma em Belo Horizonte e outra em Piranhas-Alagoas)

Projeto-Esportes-sem-fronteiras
– Está preparado pra vida após a carreira de atleta, teme alguma situação em relação ao futuro?

LC: A cada dia que passa penso muito na minha carreira pós atleta,sei que a carreira de atleta é curta,por isso fiz o curso de Administração e uma MBA na área de gestão esportiva,pra me preparar pro futuro.Quero continuar envolvido com esporte,mais agora na área administrativa.
– De onde vem essa fama de guerreiro, lutar até o último segundo?

LC: Essa fama vem porque já definir várias lutas no fim,consegui reverter muitas lutas nos últimos segundos,eu acredito até o fim.

luciano-correa-medalha-203
– Judô em uma palavra…

LC: Judô é uma filosofia.
– Como se vê daqui a 20 anos?

LC: Daqui há 20 anos  me vejo um Luciano com uma família construída,e envolvido no esporte de alguma forma.Quero levar os valores do esporte pra minha vida pesoal,quero passar isso para meus filhos e toda as gerações da minha família.O judô não é só um esporte ele é uma filosofia de vida que nos ensina vários valores como respeito,disciplina,dedicação,humildade e perseverança.

judoca-brasiliense-luciano-correa-e-campeao-e-mayra-perde-para-arquirrivaljudoca-luciano-correa-comemora-vitoria-1266166101470_300x300

 

Ele não é lindo???Eu sei que é!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »